12 Instintos Maternos Aplicáveis aos Negócios

felizdiasdasmaes

Olá,

Estamos perto do dia das mães…

E eu quero falar que toda mãe é uma empreendedora por natureza!!!

E que todos os filhos e filhas, se fizerem uma “Engenharia Reversa” sobre a forma como a sua mãe cuidou de você, pode utilizar isso ao seu favor no mundo dos negócios…

O que eu quero falar com isso é que:

Empresários de Sucesso TEM INSTINTO MATERNO

Não só entre os seres humanos, mas também entre a maioria dos animais vertebrados e alguns invertebrados na natureza, mães cuidam MUITO BEM de seus filhotes…

Agora imagine você cuidando do seu negócio com a mesma dedicação de uma mãe…

Por isso eu separei 12 características ou comportamentos que mães têm e que todo empreendedor ou empreendedora deveria ter…

mae1
1 – Dedicação e Motivação

Mães são dedicadas, sua prioridade são suas “crias”, estão boa parte do tempo pensando em como cuidar melhor de seus filhos, se preocupando com eles… às vezes até em exagero… eu passei por isso mesmo tendo uma mãe mais “relax” então imagino você que talvez teve uma mãe um pouco mais “cuidadosa”….

Para uma mãe, MOTIVOS e não DESCULPAS e ela fala sobre “Não posso ir porque meu filho precisa de mim com muita naturalidade, sendo difícil ou quase impossível, persuadir ela de fazer o contrário”.

Veja se empresários e empreendedores de sucesso não têm o mesmo nível de dedicação com os seus negócios?

DESABAFO: Então, a próxima vez que seu amigo empreendedor falar que não pode ir à festinha porque tem que trabalhar/cuidar no seu negócio… não pense nele como um babaca mal amigo desnaturado, mas sim como uma “mãe” dedicada cuidando de sua cria.

mae2
2 – Amamentação e Cuidados Iniciais

Até os primeiros 12 ou mesmo 24 meses de vida, 2 anos, é importante para uma criança ter o leite materno. Mães recebem licenças de 3 a 6 meses para cuidar e amamentar seus bebês quando esses estão na fase mais frágil e delicada de suas vidas.

O maior nível de mortalidade das empresas por acaso são os fatídicos 2 primeiros anos, será coincidência, ou será que é porque o período mais frágil de um negócio é quando ele é “recém nascido” e pequeno?

O empreendedor que nutre seu negócio de boas ideias e esforço no início da vida dele tem muito mais chances de prosperar e ver sua cria crescer forte e saudável.

mae3
3 – Amor e Carinho

Se você não é mãe, você é filho ou filha e sabe o que é o amor incondicional das mães.

Quando o dono de um negócio demonstra o amor que tem por por sua cria e é apaixonado por aquilo que faz, fica muito mais fácil inspirar a si mesmo e à sua equipe… criar e definir para o seu negócio uma missão e visão alinhadas à sua paixão é uma excelente dica para esboçar o amor materno, embora esse não possa ser superado por um empresário.

4 – Marketing e Vendas

Parte 1

Já na gravidez, todos a sua volta sabem sobre a vinda do bebê. Uma técnica de marketing chamada antecipação é levada ao extremo…

Nas vésperas do nascimento então….

Rola chá de fraldas, chá de bebê, possibilidades de nomes e incontáveis visitas à maternidade e no lar após o nascimento…

muitos trazem presentes…

todos querem conhecer o neném…

Porque você não faz isso com o seu negócio?

Empresas cujos donos não acreditam no mal olhado e anunciam a construção e inauguração do negócio tem muito mais chances de ter um bom volume de vendas inicial… até mesmo dos amigos que querem te ajudar!!!


Parte 2

Mães vendem seus filhos e filhas a toda hora (no bom sentido).

Quem não ouviu:

“Meu filho é o mais bonito”

“Minha filha é a mais comportada da escola”

… a mais inteligente… o melhor no futebol…

até mesmo: “Tem um Pintão e um Sacão” ? Eu já ouvi…

O mais legal é que as mães ignoram os “pontos fracos” e ENALTECEM os pontos fortes diferenciais de seus filhos…

Nossa, como eu vejo empresários que preferem falar mal dos concorrentes a falarem bem dos seus produtos e serviços…

Que tal você anunciar e falar de cada um dos seus produtos ou serviços como uma mãe fala de seus filhos…

EU GARANTO que você vai vender mais…

 mae4

5 – O Inevitável Vôo do Ninho

Talvez a fase mais triste para uma mãe dedicada. Poucas estão preparadas para isso embora quase todas tenham criado seus filhos para esse momento… principalmente na natureza!

Um empresário que cria seu negócio para ser independente e vendável está criando um negócio melhor e um estilo de vida que possa permitir a ele mais liberdade ou até mesmo FAZER MAIS FILHOS…

 mae5

6 – Coragem e Ousadia

Mães se colocam na frente de seus filhos para protegê-los. Instintivamente ficam ferozes e até mesmo agressivas quando uma de suas crias está em perigo.

Entre os serem humanos, há relatos de mães que encontraram forças para levantar carros!!!

Mães ficam mais atentas à ameaças, ficam mais criativas e pré dispostas a pedir ajuda, quando o que está em jogo é a necessidade ou bem estar de seus filhos.

O mesmo pode ser feito por empreendedores…

O que você tem medo de fazer ou investir pelo seu negócio, que seria uma decisão fácil se o que estivesse em jogo fosse a saúde de seu filho?

 

7 – Otimisto/Confiança

Mães olham para os seus pequeninos e falam: “Esse vai ser o melhor X, Y, Z do mundo!!!”

Mães motivam, estimulam e realmente acreditam que seus filhos vão ter uma vida melhor que a que elas têm.

Além disso, se esforçam para tornar isso realidade.

Para as mamães, seus filhos são perfeitos. São os melhores que elas poderiam criar. Elas sabem que crises são temporárias e que a vida dos seus filhos vai muito além de uma dificuldade que estejam passando no agora.

Um empresário ou empreendedor deve, antes de mais nada, ser dotado da convicção que o seu negócio vai prosperar e se consolidar no mercado, sendo confiante que é capaz de fazer isso acontecer.

maeorgulho
8 – Orgulho

Experimente falar mal de um filho para uma mãe….

Mães são orgulhosas por natureza e perdem oportunidade para falar das façanhas de seus pequeninos ou mesmo os mais crescidinhos.

Artes, formação, esportes, etc.Além das virtudes e valores.

Não interessas o assunto… sempre existe um jeito de encaixar algo a se orgulhar ou melhor, se gabar sobre a criação e

Conheço empresários que só reclamam. Que tem vergonha de falar de seus serviços.

Eu trabalho no ramo de coaching e o que mais conheço são coaches (o profissional) que tem tem vergonha de falar de seu trabalho e que seu serviço é ajudar pessoas… e cobrar por isso.

Seria o mesmo que uma mãe falando que seu filho não presta para nada além de mal exemplo.

Os grandes empresários se orgulham do que fazem, se orgulham de seus produtos e defendem com convicção qualquer objeção que exista a eles, assim como as mães fazem com suas crias.

9 – Planejamento e Reserva de Caixa

Do nada, uma mulher que nunca foi boa em matemática, de repente se torna uma expert no assunto.

Repare que as despesas aumentam com a proximidade do parto e também após ele…

Na maioria das vezes, o salário não muda, dificilmente alguém é promovido porque tem ou vai ter um filho. Tristemente a realidade é quase ao contrário…

No entanto, tudo dá certo…

Porque será?

Mães aprendem a planejar.

Economia, orçamento e fluxo de caixa passam a ser importantes.

Até a mais desorganizada das mulheres, que procastina tudo, se atrasa com frequência e faz tudo em cima da hora.

Tem antecipadamente um quarto adequado para a criação de seu bebê, tem antecipado como será o parto, e até mesmo quem vai ajudar com os cuidados iniciais.

Raros são os empreendedores que fazem um plano de negócios e tem todos os detalhes prontos no lançamento dos seus negócios.

 mae6

10 – Terceirização Cuidadosa

 

Parte 1 – Babás

Mãe são ultra criteriosas na hora de escolher uma babá.

Tem que ter referências, ser ultra qualificada e mais que boa nas obrigações.

Passar inicialmente por um período de aprendizado e supervisão.

E quando passa por tudo isso, as mães até conseguem ir fazer outras “funções” e confiar na “colaboradora” que toma conta do seu tesouro mais precioso.

Se vacilar, pode até rolar um perdão, mas volta a desconfiança.

Se fizer merda… rua!

Leve isso para o seu negócio. Que tal ter o padrão de exigência de contratação com cada função do seu negócio que uma mãe tem com uma babá?

Que tal ser feroz com quem não cuida do bem ou seu “negócio” e constantemente coloca ele em perigo por pura negligência ou falta de comprometimento?

 

Parte 2 – Educação

Até a mais zelosa e competente das mães sabe que não é a melhor em tudo e que precisa de educadores profissionais para ajudar na criação de seu filhos.

Mães fazem o que está ao seu alcance para dar a melhor educação para os seus filhos.

Que tal você fazer o mesmo com cada engrenagem que faz o seu negócio funcionar?

 

11- Punição

Até a mais carinhosa das mães sabe quando seu filho está fazendo o que não deve fazer e as boas mães sabem educar com castigos e privações as má-criações de seus pimpolhos.

As que não fazem, acabam por gerar filhos mimados e acomodados com menores chances de serem bem sucedidos.

Um empresário tem que identificar os desvios e erros dos seus negócios frente ao mercado e tomar as ações corretivas para que: ISSO NÃO SE REPITA.

 mae12

12 – Legado

Finalmente, uma mãe coloca um filho à sua frente, segundo as leis da natureza, o ideal é que nossos filhos vivam mais do que nós e que carreguem nossos nomes  adiante. Que se lembrem e passem adiante, como nós cuidamos bem deles.

O maior legado de uma mãe é a felicidade dos seu filhos… o maior orgulho de uma mãe é a prosperidade em amor, carinho, sucesso, fé e até mesmo finanças de seus filhos.

Pense o mesmo para o seu negócio.

O que seria dele hoje, se você partisse dessa experiência material?

Ele sobreviveria?

O que a cultura dele diria sobre você e a sua personalidade?

Eu espero que essa minha comparação te ajude a entender que QUALQUER PESSOA PODE EMPREENDER, assim como qualquer mulher pode ser mãe.

Basta olhar para o seu negócio, como se fosse um filho!!!

 

Um forte abraço,

 

Bruno Juliani.

 

P.S.: Feliz dia das mães!!! Especialmente para Dona Beatriz, cuja visão empreendedora ajudou tanto a mim quanto ao meu irmão Guilherme a termos nossas “ações valorizadas”.

8 Comentários


  1. Realmente Bruno, este foi o seu melhor artigo até agora! Parabéns! E como falou o Fernando Tannure aí em cima, a emenda para a copy do FL foi sensacional!

    Responder
  2. Iara

    Parabéns Bruno, bom texto, porém gostaria de acrescentar que QUALQUER PESSOA PODE EMPREENDER mas só terá sucesso se gostar do faz, abrir negócio só “para ganhar dinheiro” é insucesso certo! É como algumas mães que engravidam sem querer e, por isso, abandonam a cria.

    Responder
  3. Nádia Barros

    Obrigada por mais um texto criativo e envolvente. Parabéns e Sucesso!

    Responder

  4. Sensacional Bruno!!
    Que texto irado, parabéns pelo belo trabalho de criação e escrita.
    E a emendada com a copy pra FL, o que foi isso? kkkk
    Tenho que tirar o chapéu. Arrebentou!!
    Grd abraço

    Responder
  5. Maria Tereza Franco

    Menino, vc é tenebroso!! Adorei este artigo. Incrível. Parabéns por todas as sacadas. Vou enviar para muitas pessoas!!
    Vc é show!!

    Responder

  6. Parabéns Bruno pelo seu texto.
    Achei fantástica a analogia que você fez.
    Gostaria inclusive de saber se posso falar sobre seu texto em um dos meus vídeos dando os devidos créditos e passando seu link para os assinantes do meu canal.
    Muito obrigada

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *