Como Evitar a Sobrecarga de Informação.

O Que é a Sobrecarga de Informações e 5 Dicas Para Deixar de Ser um “Aprendedor Profissional” e Se Tornar um Fazedor

Admita: isso já aconteceu com você.

Você está pesquisando e aprendendo e encontrando informações, mas você sente como se estivesse cavando um buraco.

Há opiniões conflitantes e debates sem conclusões e você não sabe qual conselho seguir ou no que acreditar. A pior parte é que você realmente quer fazer a coisa certa. Você quer descobrir o que realmente funciona e usar isso.

Porém, não importa o quanto você leia, assista ou ouça, a clareza que você estava procurando quando começou este processo de descoberta não vem até você, e você acaba ficando mais confuso do que estava quando começou.

Você tem um terrível caso de sobrecarga de informações – ou, o que eu gosto de chamar de pesquisite.

Neste guia nós discutiremos a sobrecarga de informações, como as informações às vezes podem ser uma coisa ruim, e como lidar com a paralisia de análise que resulta da sobrecarga de informações.

Vamos seguir em frente.

O Custo Surpreendente da Sobrecarga de Informações

Quer saber o que é irônico sobre a sobrecarga de informações?

A maioria de nós que se sobrecarrega com informações acha que está sendo produtiva. Nós estamos aprendendo, afinal. O que é mais produtivo do que descobrir o que você não sabe?

Porém, a sobrecarga de informações nos deixa em estado de paralisia, e se nós não usarmos as informações que estamos aprendendo imediatamente, nós perdemos até 75% dessa informação de nossas memórias e cérebros, tornando todas as informações que estamos recebendo quase inúteis.

Estudos mostram que apenas as interrupções (apenas um pequeno aspecto da sobrecarga de informações) custam cerca de U$1 bilhão anualmente.

Considere o que isto faz a você como um indivíduo.

No local de trabalho, a sobrecarga de informações tem um impacto negativo na produtividade, satisfação com o trabalho e no desempenho da companhia. Você acha que isso é diferente para o seu trabalho pessoal?

Sobrecarga de informações em sua vida pode causar:

  • Paralisia Por Análise: Com que frequência você quis fazer algo, mas ficou sobrecarregado com as informações jogadas diante de você? Você fica paralisado com todas as opções, opiniões e informações conflitantes diante de você.
  • Problemas de Produtividade: Quando nós estamos pesquisando e absorvendo informações, nós estamos dizendo a nós mesmos que estamos sendo produtivos. Porque isso realmente parece produtivo! Mas você só estará sendo produtivo se você agir com o que estiver aprendendo.
  • Falta de Foco: Sobrecarga de informações através de mídias sociais, e-mail e muitas outras causas é a principal inimiga do foco. Se você não conseguir se focar em uma tarefa, ela leva muito mais tempo para ser feita. Então escrever um artigo que deveria levar uma hora se torna um projeto de quatro horas.
  • A Nossa Incapacidade de Ser Um Professor Eficaz: Você já notou que os melhores professores são iniciantes para o conceito que estão ensinando? Se você já pediu a um especialista para explicar como funciona o mercado de ações, por exemplo, ele provavelmente ficará frustrado. Isso funciona apenas em suas mentes, e é difícil explicar como. Eles sabem demais. Ensinar requer dividir as coisas e fundamentos básicos, e nós fazemos isto melhor quando somos iniciantes em uma ideia ou conceito.

Como Herbert A. Simon diz, “... uma riqueza de informações cria uma pobreza de atenção”.

Com todas essas novas informações sobre a sobrecarga de informações, você pode estar se perguntando: Em que ponto você está consumindo muitas informações? Como você reconhece a linha entre muito e não o suficiente?

Eu estou dizendo que você já tem as informações que precisa para começar. Qualquer coisa que você consumir deste ponto até você terminar um projeto específico é “demais”. E assim que você começar a se sentir sobrecarregado ou inseguro de que direção tomar, você absorveu demais.

Como Lidar Com a Sobrecarga de Informações Quando Você Está Paralisado Pelos Dados.

Você foi fundo demais.

Você assimilou muitas informações e agora está paralisado com a paralisia de análise.

Há muitas opções e estudos e pedaços de informações rebeldes flutuando em seu cérebro e você não sabe no que se focar.

Isto pode deixa-lo em um impasse. Nós todos já passamos por isso. Aqui estão as coisas que funcionaram para mim quando eu sofri com sobrecarga de informações.

  1. Restrinja os Especialistas Que Você Segue

Ao invés de ficar com paralisia de análise por não saber qual especialista seguir, faça uma regra geral para você mesmo:

Encontre UM especialista que você respeita. Um que você gostaria de emular – cuja carreira você admira e cujo trabalho você acha interessante. E então, dê preferência às suas descobertas.

Ninguém possui todas as respostas. Se você estiver tentando se tornar um escritor melhor, siga alguém cuja escrita você adora. Se você estiver tentando aprender sobre marketing por e-mail, emule alguém cuja campanha de marketing por e-mail você admira. Se você usar esta abordagem e aceitar que a pessoa chegou onde ela está usando suas táticas, isso irá clarear o seu caminho.

Todas as táticas que pessoas diferentes ensinam provavelmente funcionam. Tudo pode funcionar para alguém. Mas se você cortar todos os outros barulhos e se focar apenas em seguir as opiniões e ensinamentos de um ou dois especialistas, isso irá facilitar muito o seu trabalho.

  1. Distancie-se um Pouco

Assim que você já tiver contraído um caso de pesquisite, é difícil se desfazer de todas as informações que você já assimilou.

Então às vezes você precisa se distanciar.

Ao invés de tentar descobrir o que fazer com tudo isso agora, dê um passo para trás. Afaste-se e trabalhe em outra coisa, ou distancie-se de seu projeto de outra forma.

Quando eu enfrentei a sobrecarga de informações, eu descobri que mudar de direção e deixar meu projeto repousar por um tempo – talvez 2 a 3 semanas – me forneceu uma nova perspectiva.

  1. Faça um Experimento

A causa da paralisia de análise é a sobrecarga de informações. Mas o primo da PA é o medo. Nós ficamos paralisados porque temos medo de seguir o caminho errado.

Nós não queremos falhar. Nós temos medo de perder tempo, ou do julgamento dos outros, ou de nos desapontarmos.

Em um experimento não há fracasso. Apenas uma hipótese a ser testada. Então comece a ver o seu projeto como um experimento. Você não pode fracassar se estiver testando hipóteses. Você só está comprovando se ela está certa ou errada.

Então escolha a opção mais interessante e possível e comece a testá-la. Conforma você começar a testá-la, você descobrirá se a opção funciona para você. Se ela funcionar, você pode mantê-la. Caso contrário, siga em frente e experimente a próxima.

  1. Faça uma Limpeza de Informações

Quando você estiver lidando com pesquisite, às vezes a melhor coisa a fazer é uma limpeza de informações.

Pense no propósito de uma limpeza alimentar. Você faz uma limpeza para reiniciar as funções de seu corpo – é como uma faxina de primavera para o seu corpo.

Limpezas de informações são a mesma coisa.

O propósito da limpeza de informações é reiniciar o seu relacionamento com as informações e muda-la de consumidor para criador.

Tire uma pausa na absorção de informações – incluindo aquelas que parecerem irrelevantes para o que você está fazendo. Coloque-se em uma posição onde a sua única opção é criar ou agir com o conhecimento que você já possui.

Afinal, você já tem conhecimento mais do que o suficiente. Você só precisa agir.

  1. Pare de Aprender Compulsivamente

Espinafre é bom para você.

Na verdade, ele é um dos melhores alimentos do planeta para a sua saúde. Porém, se você comer muito espinafre, você estará ingerindo muito oxalato, que pode causar pedras nos rins.

Você acha que com as informações isso é diferente?

Algo bom em excesso pode ser ruim, e embora você possa estar certo de que precisaria comer uma tonelada de espinafre para obter esses efeitos, você absorve uma quantidade insana de informações todos os dias. Até mesmo antes de começar o trabalho, você provavelmente já está no limite da sobrecarga.

Então pare de pegar todas as informações e materiais que você encontrar.

Aprenda apenas aquilo que você precisa para chegar ao próximo passo.

Apenas Diga Não à Sobrecarga de Informações

Sobrecarga de informações é a inimiga da produtividade.

Isso parece produtivo porque você está “aprendendo”, mas na verdade você está perdendo tempo.

Não importa quão alta seja a qualidade das informações que você está absorvendo se você não agir imediatamente. Mas por sorte, você tem controle sobre quantas informações você quer consumir.

Ter todas as informações do mundo e não usá-las é como ser um milionário que não gasta nem um centavo.

Então você pode escolher. Você será um consumidor de informações inteligente, ou você será frívolo com seu tempo e energia?

Um forte abraço do seu Coach e Amigo,

Bruno Juliani.

P.S.: Conte abaixo nos comentários um problema que você possa estar enfrentando ou enfrentou por conta de excesso de informação.

P.S.2: Se você conhece algumas pessoas que sabem muito, mas fazem pouco, compartilhe esse artigo com ela 🙂