Minha Estranha Obsessão Por Ajudar Pessoas

“Acreditar no ser humano e ajudar o próximo é a única forma de contribuir para a transformação do mundo e das pessoas.”
Andresa Martins Vicentini

Você gosta de ajudar aos outros?

E quanto a receber ajuda? Você sabe?

Meus 2 primeiros vestibulares foram para medicina. Eu não passei.

Fiz para medicina porque eu nunca tive problema com sangue. E sempre quis ajudar e como eu não tenha passado em medicina, por pouco não virei “motorista de ambulância”.

A minha vontade de ajudar era tão grande, que eu não mensurava as consequências e apenas e, 2010 eu socorri 3 pessoas acidentadas, tendo colocado elas no meu carro e levado para o hospital. Na verdade duas…

“DUAS HAVIAM SIDO BALEADAS”

Um vez, eu estava saindo frustrado de uma festa onde não tinha conseguido fotografar o jogador Romário para colocar no site de baladas que eu tinha com uns amigos em Niterói.

Naquela época eu era uma das poucas pessoas que eu conhecia que tinhas uma máquina digital com display!!! Você via a foto na hora!!!

Na saída, eu ouvi um tiro e ao me aproximar do meu carro, se aproxima de mim um homem com metade do queixo estourado…

Ele babava sangue e não conseguia falar.

Rapidamente coloquei ele no meu carro, mesmo contrariando um suposto “Policial Federal” armado que falou que o socorro estava a caminho.

No caminho do hospital, parei novamente perto de policiais, que me chamaram de LOUCO e nada quiseram fazer, apenas me advertindo que se o cara “apagasse” no meu carro eu estaria MUITO ENCRENCADO.

Grande ajuda esse policial me deu!

Eu estava com um colega, que foi dirigindo enquanto eu descobria um grande talento:

“Motivar o cara a não desistir!”

Lembro dele esmagando um maço de cigarros nas mão em cima do colo, em uma grande mistura de baba com sangue e da bagunça vermelha que virou meu carro…

Eu tinha que falar para ele a todo momento que a coisa não era tão feia quanto parecia e que tudo ia ficar bem…

Para encurtar a história, deixamos ele no hospital e ligamos para sua ex namorada, pois ele conseguiu digital o número dela no meu celular, que também ficou vermelhinho…

Soube depois através dela que ele havia ficado bem, e que fizemos certo de ligar para ela pois os pais dele eram idosos e cardíacos, e poderiam passar realmente mal, se tivéssemos dado a notícia para eles.

Foi a primeira vez que fui chamado de “Anjo” que eu realmente me considerei um…

Depois de pagar uma boa grana para lavar o estofado, eis que quando estou chegando do almoço escritório, mais um baleado cruza meu caminho.

Peguei o carro e ia colocando o rapaz dentro, quando um dos seguranças que trabalhava na empresa da minha mãe viu minhas ações e me impediu me segurando e falando:

“Esse cara desceu do morro, e vai vir gente “terminar o serviço”
e se você estiver no carro com ele vai junto”

Esse cara foi a diferença entre 3 e 2 que eu contei no início do e-mail!

Mas eu consegui pegar meu celular e ligar para: bombeiros, polícia e hospital.

Incrivelmente, em menos de 5 minutos chegou ajuda e levou ele.

O terceiro foi de um acidente de moto…

Que novamente ensanguentou o carro, dessa vez do meu irmão mais novo, que não teve como discutir comigo e teve que dirigir até o hospital atrasando nossa viagem de feriado.

História como essas, talvez não tão radicais, foram se repetindo ao longo de alguns anos e sempre que posso (estou sozinho), faço loucuras do tipo: Dar Carona!

As vezes me sentia envergonhado de não mais discutir com quem esta perto e tem MEDO de ajudar...

Mas isso foi passando porque hoje sinto que contribuo de uma forma muito MENOS perigosa com o próximo.

Meu trabalho como coach preenche meu coração e seu anseio em ajudar o próximo.

Minha escola de coaching, a ABRACOACHING, faz que isso seja disseminado.

Agora…

Quem falou que eu ajudei essas pessoas?

A cada vez que eu socorri ou ajudei alguem, na verdade era EU quem estava sendo ajudado.

“Queremos progredir? Ajudemos sinceramente o próximo a progredir e veremos que quem está progredindo somos nós!”.
Sama

Recentemente tive contato com uma grande pergunta de coaching…

Se você só fosse viver até os 40 anos, o que teria feito diferente?

Estou com 36  e minha resposta hoje seria:

“Estou ciente da importância do meu trabalho. Eu me dedicaria O DOBRO na construção do meu negócio e transmissão das minhas idéias ao mesmo tempo que que me esforçaria para fazer minha escola de coaching “autogerenciavel”, para ela pudesse continuar a existir quando eu me fosse”.

Independente se você tem a mesma obsessão por ajudar pessoas que eu tenho… eu fico feliz em saber que você esta assistindo aos meus vídeos e quero te agradecer por isso!!!

Um forte abraço,

Bruno Juliani.

P.S.: E você, de que forma você pode ajudar os outros? Mesmo que seja apenas fazendo alguem sorrir 🙂

Deixe a resposta nos comentários.

 

18 Comentários

  1. Glaucia

    Por favor meu.apelo me ajudem.
    Sou educadota e infelizmebte perdi alguns dentes e näo tengo como colocar implante, tenho.vergonha de meu.sorriso.
    Gostaria de ter ajuda financeira para fazer, pois è.muito caro.
    Mwu wats para contato. 980293845
    Grata por me lerem. Espeto.realmente que leiam

    Responder
  2. luciano

    Ola bom dia eu vivo procurando uma forma, maneira que eu posa sair do comodismo fico vinte quatro horas por dia dentro de casa estou desimpregado o que e pior a verdade e que nem eu acredito em mim tento reajir mas na sidade onde moro nao tem nada ong,projeto auguma forma que ajudace pessoas como eu si realiza ter uma proficao ocupa o tempo com augo sou ajudante de pedreiro o lado ruim e que temos que pega muito pesso e corido nem isso eu posso fazer mas como coseguencia disso adiquiri uma hernia a saude publica e um lixo todo mundo sabe estou corendo atras pra operar pensso em mil e uma maneira de poder muda s historia da minha vida voutar a estudar vi uma materia em sp um projeto chamado arvore da vida padrocinado por uma marca de carro quem me dera si estivese augo assim aqui muito obrigado pelo seu tempo e meus parabens e cada vez mas dificio encontra pessoas assim que preucupa com o procimo

    Responder

  3. Gostaria de alguém para me ajudar com as ferramentas certas para criação, divulgação de infoprodutos e criação de listas com marketing efetivo. Você pode me ajudar?

    Responder
  4. Rosane Bellé

    Olá Bruno,
    Adoro tuas histórias….bom demais!
    Parabéns pela tua iniciativa. Também gosto muito de ajudar as pessoas como posso. Dando um conselho ou apenas as ouvindo. Sinto que isso já faz uma diferença enorme.
    Acho que pessoas assim como tu, fazem a diferença neste nosso mundo.
    Grande abraço!

    Responder
  5. Ademar

    Caro Bruno, Muito legal!

    Ajudar as pessoas, sem esperar nada em troca é sempre bom, pois tudo é revertido em benefício para nós mesmo.
    Gratidão, gestos de carinho, ouvir, dizer não, direcionar. Sempre é uma boa ajuda.
    Muita inspiração para novas postagens.
    Gratidão!!!

    Responder

  6. Olá Bruno. Eu também sempre tive o instinto de ajudar e também já fiz algumas loucuras, porém menos radicais que as suas.
    O que pretendo hoje é ajudar empreendedores a criar negócios de sucesso através do coaching e consultoria. Essa é a minha missão pois entendo que um país forte precisa de organizações fortes e nossa sociedade merece um país forte.
    Um abraço.

    Responder

  7. Nossa que galera que te segue. Bem se vê que semelhante atrai semelhante. Que mundo maravilhoso. Pena que jornais e tv só dão notícia da minoria do mundo essa é que é a verdade. Bem eu posso dizer que ultimamente iniciei a dar aulas de piano para uma garota que é aluna especial, tem limitações de fala e aprendizagem e sua mãe ao procurar professores para ensinar a menina que pedia insistentemente para aprender teclado, disseram à mãe para desistir porque ela não aprenderia. Pois eu aceitei o desafio porque adoro desafios e para meu espanto e de todos a menina na primeira aula já saiu tocando dois acordes e gravando as notas da mão direita. no meu site ela está tocando já com duas mãos no primeiro mês. E cada um de nós que te segue parece que tem muitas historias de salvamento para contar. Parece que nos atraímos para o bem coletivo e salvar vidas. Alias meu ultimo curso foi salva vidas porque gosto de nadar. Grande abraço e que Deus ilumine a todos mostrando que o bem é grandemente maior do que o pequeno mundo que a mídia gosta de mostrar.

    Responder
  8. ADMILSON SANTOS

    OBRIGADO BRUNO E PARABÉNS PELO SEU TRABALHO. É MUITO INSPIRADOR E É TAMBÉM UM GRANDE EXEMPLO. ESTOU BUSCANDO ME ORGANIZAR PRA COMEÇAR A ESTUDAR E QUEM SABE COMEÇAR A PODER AJUDAR MAIS E MELHOR MAIS PESSOAS E FAZER DISSO MINHA VIDA. SEMPRE QUE POSSO E SOU PROCURADO POR ALGUM AMIGO OU AMIGA EM BUSCA DE DESABAFO E ACONSELHAMENTO, PROCURO DAR O MELHOR DE MIM NAS ORIENTAÇÕES QUE TRANSMITO, SEMPRE ME INSPIRO EM ALGO QUE TENHA ESTUDADO, OU MESMO UMA PALESTRA OU FILOSOFIA QUE EU CONHEÇA. E NORMALMENTE AS PESSOAS CONSEGUEM SE AJUSTAR E COSTUMAM ME LIGAR E CONTAR COMO FIZERAM E ME AGRADECEM PELAS “DICAS” E SUGESTÕES. ISSO ME DEIXA MUITO SATISFEITO E COM SENTIMENTO DE PAZ E MISSÃO REALIZADA. SÓ NÃO TENHO CONSEGUIDO APLICAR EM MINHA PRÓPRIA VIDA.
    MAS DEIXA PRA LÁ…. VOU CONTINUAR BUSCANDO,,,, ACREDITO QUE CONSEGUIREI CHEGAR A UM BOM TERMO.

    MAIS UMA VEZ BRUNO, OBRIGADO PELO EXEMPLO QUE VC É E PARABÉNS POR SEU EMPENHO. DEUS O ABENÇOE ILIMITADAMENTE E SEMPRE.

    GRANDE ABRAÇO.

    Responder
  9. Conceição

    Você realmente é generoso.Isto é um dom ,vem de dentro e ninguém segura.
    Eu sempre estive presente para ajudar ao outro e passei como profissional por uma escola desafiadora que me fez crescer muito.
    Fiz Serviço Social,como estagiária , trabalhei setor de tuberculose foi meu primeiro desafio.Uma doença que afeta muito o social.Logo depois fui trabalhar com menores infratores ,já profissional ,e encerrei minha carreira junto a usuários de droga lícita.A problemática nos parece diversificada mas a dor é única.É gente como a gente esperando muitas vezes só um sorriso. Várias vezes adoecemos só em sentir a dor do outro.

    Responder
  10. Sueli

    Então Bruno! Assistindo aos seus vídeos deixei um comentário que gostaria de trabalhar com crianças, jovens, adultos e até idosos, porque não? Esses envolvidos com qualquer tipo de drogas (lícitas ou ilícitas). Inclusive te pedi uma sugestão qual coach seria indicado para este tipo de trabalho.
    Então amigo, eu sou, também, voltada a ajudar as pessoas, sou Reikiana e já passei por algumas situações de ajudar pessoas, mas não acidentadas rsrsrs, Parece que Deus coloca à nossa frente àquilo que temos condições de enfrentar não é? No meu caminho até agora não chegaram acidentados, pois Deus sabe que não posso com sangueeeeee. Chegam pessoas desestimuladas de viver, sem um norte na vida, estagnadas, enfim, e como sei que precisamos dar algo de nós pela melhora do planeta, então escolhi trabalhar cuidando do ser humano para que ele aprendendo a cuidar de si contribua com o planeta distribuindo alegrias e boas energias.
    E quanto à sugestão que te pedi sobre qual Coach estudar, ainda está valendo!

    Responder
  11. Carmen Sílvia Mangeon Elias Nunes

    Bruno

    As suas histórias, as suas lições de vida são inspiradoras…
    Sinto, em cada Texto seu que leio, que você ama o que faz…
    Para mim, isso, na vida, é fundamental.
    Dessa forma, podemos fazer a diferença no mundo de hoje.
    Convencemos o outro através das nossas atitudes.
    Eu tento, todos os dias, fazer a diferença na vida das pessoas.
    Todos nós temos uma missão na vida, e devemos desenvolvê-la, da melhor forma possível.
    Sou Diretora do Instituto de Pós-Graduação , Pesquisa e Extensão de um Centro Universitário.
    Amo o que eu faço, e faço a diferença na vida das pessoas.
    Desde o momento que atendo o Candidato, passo para ele tudo aquilo que eu acredito.
    Vendo os Cursos com verdade e amor.
    Tenho aprendido,muito, durante todos esses anos, aprimorando o meu espírito, e a maneira de sentir a vida.
    Obrigada pela oportunidade que você te me dado, de viver a vida, intensamente…

    Responder

  12. Bruno.
    Eu acredito de verdade que ajudar pessoas é algo que nos faz crescer muito.
    Engraçado que hoje, depois que deixei meu filho na escola, parei o carro e pelo whatsapp comecei a espalhar alegria na vida de familiares e amigos, desejando um gostoso Bom dia, desejando um dia bem Feliz e quem ganhou mais fui Eu. Primeiro, me senti muito bem fazendo. Segundo, pelas retribuições que recebi. Muito Bom.
    Quis compartilhar esse exemplo simples, que está ao alcance de cada Um. então, quem quiser seguir a dica, faça agora mesmo. É bom demais.
    Minha Missão é ser feliz e fazer feliz que eu amo. E inspirar mais pessoas a terem um vida plena e Feliz!
    Vamos juntos?
    Abraços, Irléia

    * Ps: Aliás, desejo a Você agora um dia Muito Feliz, Uma vida cheia de Propósito, muita Alegria e Contribuição para um mundo de Pessoas Mais Felizes!

    Responder

  13. Olá Bruno como vai,mandei livro-Ebook presente em seu e-mail,inclusive hoje faz 18 anos,que nasci de novo sofri grave acidente trabalho,aonde levei choque 13.800 volts,tive amputar os braços,e hoje faço mais amo,Palestras segurança do trabalho,salvando vidas,Abraços palestrante Flávio Peralta,Segurança do trabalho sempre.

    Responder
  14. Renata Costa de Almeida

    Também sinto essa vontade incontrolável de ajudar . Até pouco tempo atras me sentia um pouco frustrada porque achava que tinha que fazer grandes ações ou abraçar uma grande causa… Fazer diferença para o mundo!
    Com um pouquinho mais de maturidade (e a dádiva da maternidade) descobri que a gente pode fazer a diferença na vida das pessoas pouco a pouco e a grande transformação acontece no nosso interior. Pequenas contribuições de solidariedade e ajuda genuína, por menor que sejam, trazem uma imensa felicidade interior.
    Descobri que tenho talentos , que posso contribuir para a felicidade e a auto-estima das pessoas ao meu redor! Mais que isso, descobri que as pessoas me vem como um exemplo e isso me gera uma imensa gratidão e desejo de melhorar dia após dia…dar o meu melhor… Inspirar pessoas a também encontrarem seu potencial e contribuírem com o Universo com o “seu melhor” .
    Mas ainda esbarro em algumas “crenças” e “pré-conceitos” pessoais. Estou buscando me conhecer mais, pois acredito que o auto-conhecimento é a fonte da vida plena! É necessário se conhecer para poder mudar a si mesmo… transformar-se e transformar o mundo ao seu redor.

    Obrigada por sua inspiração para hoje! #gratidao

    Responder

  15. Bruno. ….

    Cara vc é phoda demais….. muito orgulho de fazer parte da sua turma de formação em coach, apendo demais com suas sacadas e apesar do seu “jeitão” de ser….rs vc é uma pessoa muito humana e comprometida com o próximo. São esses detalhes que fazem valer a pena. …. Gratidão por compartilhar sua história conosco.
    Abraços!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *