Será Que Marketing é Algo Maligno?

Olá,

Muitas pessoas acham que o marketing é maligno.

Elas dizem que isso é uma forma de ‘manipular as pessoas’.

sera-que-marketing-e-algo-maligno-img

Na verdade, muitos coaches realmente querem ter uma prática bem sucedida, mas suas crenças sobre o marketing impedem que isto aconteça.

Deixe-me perguntar uma coisa…

Você já desejou que o seu negócio de coaching funcionasse assim?…

* Você tem 10-20 clientes de coaching
* Eles pagam muito bem
* Todos eles recomendam outros clientes em potencial para você
* Você NUNCA precisa se preocupar em conseguir novos clientes ou que seus clientes atuais o abandonem, porque você tem uma lista de espera!
* Você nunca faz marketing, porque não há necessidade
* 1 ou mais de seus clientes são ‘famosos’ e você gosta do prestígio que isto traz para você.
* Todo o seu tempo de trabalho é gasto com o coaching, você ganha bem e tem muito tempo livre.

Pode ser possível viver assim. Infelizmente, isso é muito improvável e você certamente não pode contar com isso. Agora…

Se você consegue se relacionar com este coaching dos sonhos, você não é o único. Na verdade, muitos coaches possuem esta ‘fantasia secreta’ de não ter que fazer nada para conseguir clientes! Mas…

Como coaches, nós realmente queremos ‘prestar um serviço’ ao mundo. Nós queremos fazer a diferença nas vidas das pessoas. E quando nós fazemos coaching com as pessoas, nós fazemos exatamente isso! Mas, se você só fizer coaching com poucas pessoas individualmente, em 10 anos você pode tocar de 100-200 pessoas. 500 no máximo! Agora…

Se você realmente quiser causar um grande impacto no mundo, então tem uma coisa que você precisa ver de uma nova forma – Marketing! Mas *NÃO* por causa de como isso o ajudará a conseguir mais clientes. Deixe-me explicar…

Sabe, a maioria dos coaches não gosta de marketing. E eu entendo isso perfeitamente. A maioria dos motivos pelos quais você pode não gostar de marketing pode ser porque lhe ensinaram a fazer métodos fracos ou ‘defeituosos’ de marketing, que não funcionam ou funcionam mal. Mas, eu quero desafiá-lo a pensar no marketing de uma forma diferente e por diferentes motivos.

Como coach, o seu trabalho é ‘facilitar o crescimento e a mudança’. O que você pode não perceber é que os materiais de marketing podem facilitar o crescimento e as mudanças neles mesmos! Deixe-me voltar um pouco…

O coaching é a facilitação do crescimento e da mudança. Eu recebo ‘coaching’ de livros, filmes, amigos, estranhos, etc. Eu digo que ‘tudo e todos ao meu redor são meus coaches’. Agora, um coach profissional é alguém a quem eu PAGAREI para facilitar o crescimento e a mudança. (É isso o que significa ser um profissional, que você simplesmente é pago pelo que faz). Então, quando eu digo isso…

Os seus materiais de marketing podem ajudar as pessoas e, na verdade, eles podem fazer coaching com as pessoas… O que eu quero dizer é que as pessoas podem ser expostas aos seus materiais de marketing e sentirem uma transformação apenas com o que você comunica.

Aqui estão alguns exemplos pessoais rápidos:

1) Eu entrei anos atrás em um website com um curso sobre ‘como atrair clientes celebridades ’. Ele era meio ‘chique’ e exagerado, então eu não comprei nada. Mas, isso me inspirou a colocar isso como um alta prioridade e eu acabei conseguindo-o alguns meses depois! E então…

2) Eu tenho um programa sobre ‘abundância de clientes’, e eu ouço as pessoas me dizerem que elas sentem uma grande mudança no tempo apenas ao lerem a página de anúncio dele! E…

3) Eu recebi um e-mail de um cavalheiro algumas semanas atrás que assistiu minha campanha de anúncio para ‘O Poder do Coaching em Grupos’ e ele me enviou dizendo como ele se sentiu mais confiante e queria testa a criação de um potencial grupo e ele conseguiu montar o grupo, apenas assistindo aos vídeos na internet! E, o mais legal é…

Em todos esses exemplos, ninguém comprou nada, mas tiveram uma ‘transformação’ por receberem ‘coaching’ de materiais de marketing. Os materiais de marketing fazem a diferença no mundo sozinhos! Então…

Isto significa que nós não devemos usar os nossos materiais de marketing para ganhar dinheiro?

É claro, nós ainda PRECISAMOS continuar gerando renda. Se nós não gerarmos renda, haverá algo de errado. E nós não seremos capazes de nos sustentar e continuar ajudando pessoas. Nós precisamos de nosso marketing para produzir vendas. Mas…

Os seus materiais e estratégias de marketing podem fazer OS DOIS. Eles podem ajudar pessoas E gerar vendas e renda!

sera-que-marketing-e-algo-maligno-img-2

Aqui estão algumas ‘mudanças’ rápidas na sua maneira de pensar sobre o marketing que podem deixa-lo mais divertido e deixa-lo muito mais eficaz.

1) Comece a criar seus materiais de marketing para servir as pessoas, ao invés de vender à pessoas. É claro, você quer resultados para si mesmo, principalmente por causa de todo o trabalho que você teve, mas quanto mais foco você colocar em criar o seu marketing de uma forma que crie valor, mais você se sentirá *bem com o marketing*. Quanto mais você se sentir bem com ele, mais você o fará!

2) Para ser um ótimo coach, você precisa estar em harmonia com seus clientes. Para ser um ótimo anunciante, você também precisa ter harmonia. A melhor forma de entrar em harmonia é entender os seus clientes do modo mais profundo. Se você ‘conseguir’ seus desejos secretos, dores, aflições, etc. e se conectar com eles através de seu marketing, você terá um laço profundo e duradouro.

3) Inspire as pessoas com o seu marketing! Mostre a elas o que é possível. Resultados extremos podem ser ‘um exagero’, mas se eles forem verdadeiros, eles também podem ser inspiradores! Além disso, os testemunhos dos resultados de outras pessoas podem ser inspiradores. Como coach, parte de seu trabalho é inspirar seus clientes. E o mesmo vale para o seu marketing.

4) Um ótimo coaching se trata de AÇÃO. Foque-se em criar materiais de marketing que colocam as pessoas em ação. Parte dessa ação é comprar seu produto, programa ou ter uma sessão de introdução com você. E parte da ação pode ser fazer algo diferente, ou de uma forma diferente ou finalmente se levantar e realmente ‘seguir em frente.’

5) ‘ENTENDA’ que quando os seus esforços no marketing motivam as pessoas a comprarem seus produtos ou serviços, as pessoas que compram vão ganhar ‘MUITO’. Se você já se sentiu mal por ‘vender coisas’, parte do motivo provavelmente tem a ver com o fato de você menosprezar o impacto que você causará em seu cliente. Quando eles compram, eles ‘ganham’!

RESUMINDO: O marketing, quando é bem feito, agrega valor e faz ‘coaching’ com o grupo de pessoas que você quer servir.

Um forte abraço do seu amigo e coach,

Bruno Juliani.

P.S.: Eu gostaria de ouvir a sua opinião sobre o assunto acima… e vou ficar muito feliz em ler seus pensamentos se você traduzir eles para mim em forma de palavras.

P.S.2: Se você tem um amigo ou amiga com um talento extraordinário de ajudar pessoas, mas que tem alergia a marketing, vendas ou esta em dificuldades de se sustentar da sua paixão, por favor encaminhe esse artigo para ela…

47 Comentários


  1. Bom dia, Bruno.
    Admiro o seu trabalho. Como tudo na vida há marketing e marketing, ou seja, o bom é o que não agrega valor à vida das pessoas. O seu sempre entrega muito conteúdo. Através de um grupo de Whatsapp, sem custo, tenho ajudado pais e educadores a desenvolver o autoconhecimento, empodeamebtk e autoconfiança para que possam se tornar melhores, conhecer o outro e educar crianças e jovens de forma mais assertiva. Fico feliz em ajudar e aprendi muito com eles

    Responder
  2. Mariana Aragão

    Muito bom Bruno, eu sou arquiteta. Não sou coach e sinto essa mesma dificuldade em marketing . Gostei muito dessa inversão na forma de ver o marketing! Obrigada por compartilhar!

    Responder
  3. Bruno

    Olá Bruno.
    Concordo plenamente contigo em relação ao marketing. E ao meu ponto de vista tem uma grande diferença entre marketing e ser anti ético na profissão.
    Eu adoro desenvolver material e atividades no estilo de “extensão” (atendendo a população). Material informativo sobre determinada doença, orientando os tutores de animais a procurarem o veterinário ao detectar os sinais etc… um exemplo bem difundido é a prevenção do tumor de mama, inclusive com exame clínico gratuito e ensinando os tutores a realizarem também em determinados períodos do ano ( o chamado outubro rosa), e, a partir de detectado a doença, é orientado a procurar um profissional para o tratamento.
    Diferentemente de atendimento gratuito seguido de cobranças de procedimentos, o qual já é considerado anti ético, um exemplo ótimo na minha profissão (médica veterinária) que está tendo muita polêmica atualmente.
    Parabéns pela iniciativa.
    Abraços

    Responder
  4. Rafael Alves Rufino

    Olá Bruno…
    Excelente artigo!!!
    Todos nós utilizamos o marketing, seja na vida pessoal e principalmente na vida profissional.
    Adoro a profissão coach no segundo semestre deste ano pretendo fazer minha formação em coach. Amo ajudar as pessoas e fazer com que elas atingem suas metas.
    Ajudo alguns amigos que estão em busca de um novo trabalho, dou dicas de como eles podem procurar e de como se comportar em m processo seletivo. Já consegui ajudar uma amiga a conquistar seu 1° trabalho (ela tem apenas 19 anos). Fiquei muto feliz com isso!!!
    E não cobrei nada por isso… Ela passa por dificuldades financeira e simplesmente falei que ia ajudá-la.
    Tenho mais amigos na mesma situação e quero ajudá-los também. Mas preciso montar um e-mail na qual o meu marketing seja impactante, confesso não sei com fazer isso.
    Poderia me dar alguma dica?

    Um forte abraço!
    Rafael Alves Rufino

    Responder
    1. Jose Messias Valerio

      Caro Rafael Rufino, v só precisa colocar em prática o que já sabe utilizando as ferramentas corretas que o Bruno oferece.

      Sou aluno do Bruno e se eu puder ajuda-lo, é só me contatar por e-mail, ok ?

      Abç e sucesso !!!

      Responder
  5. Fellipe

    E aeh Bruno!
    Cara, eu era péssimo em vendas até que num pdf gratuito que você disponibilizou em um webinar eu entendi que vender era sobre se relacionar, e eu sempre fui ótimo em fazer amigos. Falar com os amigos é fácil e vender pra eles também. Uma crença limitante a menos hehehe
    Depois disso eu comprei o “poder do coaching em grupo”, que é um programa maravilhoso, e criei um canal no youtube pra poder ajudar mais gente.
    Obrigado por nos ensinar a fazer o “marketing do bem”!
    Abração!

    Responder

  6. Olá Bruno, eu assisti a sua palestra ao vivo no dia 25.01, onde você explicou como conseguir o primeiro cliente. Ao final da palestra eu lhe pedi uma sugestão de nome para o meu programa de educação financeira para mulheres e você sugeriu que eu fizesse uma enquete. Pois bem, fiz uma enquete no facebook, enviando 5 alternativas de nome para todas as mulheres que estão nos meus contatos. Assim que a enquete foi concluída, eu criei o blog http://lindas-e-economicas.blogspot.com.br/ e a página Lindas e Econômicas no facebook e abri inscrições para um Workshop que realizarei no dia 03.03.16. Ou seja, sua palestra foi meu gatilho para agir, além do apoio da Master Coach Rosângela Moura Pedro. Eu estou super empolgada com tudo isso, adoro marketing, mas tenho um pouco de dificuldade de usar as ferramentas porque tenho receio de extrapolar o limite entre esse marketing poderoso e benéfico e aquele marketing enganador e altamente agressivo que vemos em muitos sites. Seu artigo me deu ótimas dicas!! Parabéns pelo trabalho Bruno! 🙂

    Responder

  7. Olá Bruno,
    Tem um tempo que te sigo, assisto seus vídeos e leio seus artigos porém este de hoje me fez ter vontade de comentar por dois motivos:
    1º Li todos os comentários aqui e muitos deles foram enriquecedores e complementaram o seu texto, além de poder perceber que não estou sozinha.
    2º Eu sou coach e acredito muito no poder do marketing, no momento estou procurando descobrir como aplicá-lo ao meu trabalho para que eu possa impactar cada vez mais pessoas, tenho trabalhado com tentativas e erros contando que em breve poderei me aperfeiçoar ainda mais para alcançar o que eu desejo.
    Enfim, obrigada por ser sempre tão claro e direto.

    Responder
  8. Guilherme C. Lagrotta

    O marketing, assim como o dinheiro, são muitas vezes tratados como vilões, como algo de mal e errado, isso quando não recebem conotações espirituais, de modo que quem pratica ou tem são pecadores.
    Seus textos têm o poder de transformar vidas, parabéns Bruno Juliani.

    Responder
  9. Fátima Mercedes Chiamenti

    Texto honesto e muito esclarecedor sobre o assunto. Talvez uma das melhores formas de resgatar o “marketing” seja através da honestidade.

    Responder
  10. ARONSO RIZZATO (HERON)

    Recebi e lí os teus 3 últimos e-mails e estou me aproveitando deles. Trabalho com mídia exterior a uns 30 anos e agora estou iniciando MMN e me aperfeiçoando no novo negócio que estou me apaixonando.Vou continuar me aproveitando dos teus comentários e com certeza em pouco tempo entrarei em contato para adquirir os outros 20% que vc comercializa. Parabéns

    Responder
  11. Antônio Ribeiro

    Caro amigo Bruno,
    Já há algum tempo venho recebendo seus emails. Infelizmente nem sempre consigo lê-los, pois moro em área rural e tenho dificuldades de acesso. Mas sempre que tenho oportunidade, aproveito e leio o que mais me interessa. E posso lhe afirmar, seus artigos tem um poder magnético para transformar. Por último deixo um pensamento que resume todas as minhas palavras.
    Ler e escrever é um aprendizado, colocar em prática é uma decisão, ajudar às pessoas é uma missão. Parabéns, e sucesso.

    Responder
  12. TELMA TOZZI

    Bruno
    Muito bom seu trabalho, estou muito feliz no trabalho de MMN que eu realizo, estou procurando me capacitar.
    Muito Obrigado

    Responder
  13. Márcia Lessa

    Bruno,
    Achei ótima sua explanação sobre marketing. Tenho muita vontade em conhecer mais sobre o assunto, pois não sei como utilizá-lo a meu fazer como Coach. Embora seja uma pessoa criativa, minha dificuldade maior é saber lidar com informática!
    Então suas dicas, seus textos estão sendo super úteis. Também concordo com alguns participantes que comentaram de certos sites que tentam empurrar coisas pra nós “goela abaixo”, como se fossemos ignorantes e tentando manipulação. Mas acredito que um marketing bem feito e direcionado de forma correta como você mencionou, podem fazer a maior diferença em nosso trabalho é alavancá-lo de modo extraordinário! Portanto, obrigada por suas dicas e tenha certeza de que sempre estarei usufruindo delas! Grande abraço.

    Responder
  14. Mabel Carvalho

    Sensacional!!!! quero muito aprender a fazer isso!

    Muito obrigada

    Responder
    1. Luciana Aquino

      Achei bacana sua forma de trabalhar o marketing a seu favor. Mesmo não sendo seu cliente diretamente mas a partir desse trabalho começo a sofrer uma transformação,sobretudo para melhor.Seu trabalho promove conhecimento e também a mudança.Com isso você dá visibilidade ao seu nome.Pode mensurar resultados através dos acessos e atrai muitos clientes e transforma essa ideia em grandes negócios. Parabéns !!!

      Responder
    2. Manoel Batista

      Sou suspeito em expor minha opinião pois sou formado em Marketing trabalho na areá de Consultoria de Vendas, e parto do principio que todo ser humano de uma forma ou de outra, querendo ou não utiliza o Marketing para vender algo nem que seja seu tempo, a começar pela comunicação, aparência, conhecimento, habilidades, emfim não existe na face da terra quem não utilize as ferramentas para impressionar, cabe a cada um se a mensagem é verdadeira ou não aí estra a ética, principio básico da vida.
      Agradeço a oportunidade, muito grato, até breve.

      Responder
  15. Luciana Nectoux

    Adorei o artigo. Ainda não sou uma pessoa muito criativa mas senti um “click” quando li “Comece a criar seus materiais de marketing para servir as pessoas, ao invés de vender à pessoas. É claro, você quer resultados para si mesmo, principalmente por causa de todo o trabalho que você teve, mas quanto mais foco você colocar em criar o seu marketing de uma forma que crie valor, mais você se sentirá *bem com o marketing*. Quanto mais você se sentir bem com ele, mais você o fará!” Uma forma de abordar o marketing de maneira satisfatória para mim, que vendo, e para o cliente que se sentirá até mesmo mais valorizado!

    Obrigada por compartilhar!
    Abraço e sucesso

    Responder
    1. francisco ribeiro santos filho

      Ola Bruno o entender entre varias criticas quando usamos a palavra MARKETING cada pessoa tem uma opniao diferente. Seja qualquer tipo de marketing VENDAS DIRETAS-MARKERTING DE REDE OU DIGITAL.
      Levadas pelo medo de PIRAMIDES muitas nao acreditam que funcionam. Outras acham que funciona mas tem medo .
      Eu sou do interior sou da cidade de JEQUITINHONHA MG . Mudei para capital em 98 e dai trabalhei em varios locais, tentei 2 faculdade nao acabei nenhuma
      delas pois tinha que trabalhar. Tentei varios multniveis-HERBALAYFE-FINYS-
      POLISHOP. Hoje eu estou na BOULEVARD MOND mas sou rubi na POLISHOP.
      Entao vamos: o que buscamos no multinivel- ESTABILIDADE FINACEIRA CERTO. Como ganha dinheiro; AJUDANDO AS PESSOAS A GANHAR DINHEIRO. O que temos que observar da impresa : A GESTAO DE MARKETING SE ATENDE O CRESCIMENTO ENTRE LOGISTICA E FLUXO DE CAIXA POR QUE
      TEM MUITAS EMPRESA QUE SOBE MUITO RAPIDO COM CRESCIMENTO ESPONTANIO MAS A FALTA DISSO ELAS CAEM MAIS RAPIDO AINDA.
      Escolher a empresa certa e muito importante, porque quando entramos no MARKETING DE REDE estaremos praticamente construindo nossa casa, nosso imperio no terreno da impresa.
      Entao MULTINIVEL funciona so que tem que buscar resultado-correr atraz-sair da zona do conforto OK.
      ABRACOS
      FRANCISCO RIBEIRO

      Responder

  16. Olá, o marketing é essencial, porém vejo muitas pessoas apenas utilizando o marketing mas sem nada de conteúdo… Não adianta se vender e não adiantar resultados… O pouco marketing que tenho feito, foi justamente apresentando RESULTADOS! E sim, rendeu… Também não acredito em pessoas que acabaram de virar Coaches e já acham que estão prontos para venderem produtos sem ter uma base de experiência sólida em pessoas… Estão focadas no dinheiro, na ilusão que vai ser palestrantes milionários e o discurso é raso e batido… T. Harv fez uma entrevista maravilhosa onde ele diz: “enquanto eu queria ser milionário, nunca consegui atingir meu objetivo… Estava focado em dinheiro, não em solucionar legitimamente pessoas, não me preocupava honestamente com elas… Depois, é necessário criar hábitos saudáveis e energéticos para conseguir produzir o conteúdo…” qualquer tentativa antes de trabalhar no mindset correto, se é que haverá resultado, será efêmera… Coaching demanda estudo, conhecimento profundo e energia, e um interesse legítimo e amor por ajudar pessoas… E elas sentem essa verdade na nossa interação física e energética 🙂

    Responder
  17. Klenia

    Bruno, bom dia. Muito claro e rico este artigo. Sempre fui apaixonada por Marketing mas apesar disto me parecia algo um tanto manipulador, ou seja, Eu quando fiz pós em Marketing há alguns anos atrás, estudávamos estratégias de como “empurrar” os produtos ou serviços para os clientes. Hoje mais que nunca entendo que a função atual do Marketing é de servir…ajudar e orientar as pessoas. Muitoooo legal!!!

    Responder
  18. Ana Botas

    Bruno, fico sempre a aguardar o seu próximo email na minha caixa do email, porque sei que o próximo que virá será mais uma peça fundamental no puzzle que eu estou a montar para mim.
    Neste momento sou sua aluna no PCP e está tudo a ser altamente transformativo em mim.
    Este email ajudou a ficar mais atenta e a clarificar a PRECIOSIDADE que é o Marketing no Coaching, como em qualquer profissão. Fez-se luz!!! Nunca tinha percebido o porquê de você ceder tanto material gratuito na Internet… Cá está!!!
    Obrigadaaaaaaaaaaa

    Responder
  19. Ronyere Alianca

    Bruno Juliani Eu sou Coach e amo esse trabalho! Fico muito feliz com o seu sucesso e sobre o markting agradeco Deus por vc ter colocado sua Palestra sobre perfil DISC . Foi dai que comecou minha paixao pelo o Coach.
    Na minha opniao fico muito Feliz!

    Quantos mais Coachs fazendo a Diferente significa mais Pessoas conscientes e mais pessoas ajudadas e metas alcancadas!
    O seu markting influenciou minha carreira de coach

    Responder
  20. Patricia Macedo

    Adorei Bruno !!!

    Estou em busca exatamente disso para divulgar um projeto, Marketing.
    Só não sei como colocar em prática, me falta orientação, já que nunca havia entrado em contato com esse” mundo”. Mas confesso que em cada pesquisa que faço sobre o assunto mais me interesso.
    Acho fascinante.
    Estou sempre te acompanhando.
    Abraços.

    Responder

  21. Bruno, excelente artigo. Compactuo com o seu ponto de vista. Ainda me inspiro por mergulhar mais profundamente no mundo do Marketing, pois também sou Coach e reconheço a importância de expor nosso trabalho de uma maneira que nos faça ajudar mais pessoas. E se esta missão está conectada com o Coaching (isso me soa óbvio!), devemos utilizar o Marketing e todos os seus recursos! Mas como nem tudo na vida são flores, existe o Marketing “maligno”. São as empresas que tendam de tudo vender algo que o cliente não quer e não precisa, apenas com o propósito do lucro. Segundo um dos mestres do Marketing moderno – Philip Kotler – autor de ‘Marketing 3.0’, diz que a empresa ou organização que pratica este tipo de Marketing, está fadada ao fracasso. Vamos praticar o que ele chama de Marketing Social e entregar valor aos nossos coachees! Boa sorte a todos!

    Responder

  22. Eu dei iniciação, como coach, em 2015, mais já faço artigos de auto-ajuda desde o dia que eu abrir o meu blogger em 2011. E de lá para cá sempre ajudo pessoas. É um retorno natural, quando as pessoas se identificam com o assunto postado. A procura é o resultado do nosso trabalho. E o esforço de postar algo direcionado aos leitores é algo muito prazeroso. Não tem preço!Não é maligno!

    Responder
  23. YURI LACERDA

    Adorei as dicas, inclusive já venho aplicando aos poucos, pois estou iniciando n mundo do Coach e como ainda não tenho condições de adquirir o curso, esse material de marketing. Confesso que tinha um pouco de resistência ao marketing tradicional, contudo dessa forma vale muito a pena, pois de todo jeito auxilia as pessoas que tem interesse, mas não têm condições de adquirir o curso.

    Parabéns pela iniciativa.

    Responder
  24. James Prado

    Se nós pensarmos que o marketing funciona a partir do interesse das pessoas por algo, que gere resultados financeiros ou outros, então o marketing seria maligno sim. Mas vivemos num mundo de interesses e buscamos resultados melhores pra todos. Devemos e podemos usar o marketing de uma forma positiva e ética sem medo e melindres. Até o Dalai Lama usa um pouquinho! Abraços e sucesso à todos1

    Responder

  25. Achei interessante sua colocação, já vi seus produtos pelo Youtube e certamente é uma pessoa que sabe do que esta falando, eu tenho um pouco de aversão a essa coisa de coaching, aversão essa que não acontece quando escuto seus depoimentos e suas apresentações. O MKT digital é realmente inovador e estou me aproximando cada dia mais disso, acabei de fechar uma empresa para cuidar melhor do site e das redes sociais da empresa para começar a captar leads profissionalmente. Seus videos foram um dos motivadores de mudança. Agradeço por compartilhar essas informações valiosas e gratuitas, de certo terá o momento em que serei seu cliente. continue seu trabalho.

    Responder

  26. Muito, muito bom! Uma explicação suficientemente detalhada (e desta vez sem nenhum palavrão… 🙂
    Gosto muito de seus textos. Mas tem alguns que são extremamente inspirados e este é um deles, pois mostra tanto à razão quanto para a emoção como é importante saber ajudar e vender como as duas faces da mesma moeda.
    Parabéns!

    Responder

  27. ola´Bruno Juliane, gostei do seu texto sobre marketing. Como já dizia o ditado popular: “a propaganda é alma do comercio”. Sou poeta e produzo livros e estou vendo que sem marketing eu não vou a lugar nenhum. É o marketing que lhe faz esta presente na vida das pessoas. Quem odeia o marketing, odeia a prosperidade. Faça uma propaganda verdadeira, denotativa e não conotativa e falsa. Esta pode enganar algumas pessoas, mas depois a verdade vem a tona e o seu mundo desaba.

    Responder

  28. Bruno o artigo é muito bom e pertinente. Eu como sempre fui vendedor, estou tendo que me adaptar a esta nova forma de vender (indiretamente), gerando conteúdos de valor gratuitamente, ou seja, trabalhando como um AGRICULTOR que prepara o solo, semeia BOAS SEMENTES, rega a plantação para colher bons frutos!
    Aproveito para deixar um ditado Chinês que aprendi há alguns anos:
    – Se quer colher a curto prazo – Plante Cereais
    – Se quer colher a médio prazo – Plante Árvores Frutíferas
    – Se quer colher por toda uma vida – EDUQUE O HOMEM!

    Um forte abraço,
    André Bax
    PROSPERIDADE EFICAZ

    Responder
  29. Maria Tereza

    Sim. Captar clientes é um desafio. Preciso aprender mais e aperfeiçoar o q sei. Preciso tocar as pessoas, identificar suas necessidades para poder ajudar. Sim…temos que gerar renda para pagar contas e sobreviver no primeiro momento, como qualquer profissional. Depois para viver e desfrutar. O marketing é fundamental. Como fazer??;

    Responder
  30. Karina

    Adorei seu texto. Me mostrou realmente o valor do marketing. Tinha um grande preconceito com pessoas que o usam somente ganhar dinheiro e vc abriu meus olhos. O que eu quero é realmente transformar a vida das pessoas e usando o marketing da maneira como vc expôs ficará mais tranquilo. Obrigada

    Responder

  31. Bruno, voce é maravilhoso! Tenho acompanhado seu trabalho e tenho admiração pelo que faz. Sou empresária na área de intercâmbio cultural – é uma operadora que está no mercado há 25 anos. No ano passado fiz formaçao em coaching por indicação de uma amiga e passei por uma transformação muito grande e hoje desejo ajudar a transformar vidas.
    Por enquanto faço pro bonus para adquirir experiência, colocar em prática o que aprendi e tenho aprendido a cada dia – é um eterno aprendizado.
    Sua matéria sobre Marketing é perfeita – conteudo certo para pessoas que desejam investir no crescimento e desenvolvimento pessoal. Quero acompanhá-lo! Um abraço, seja muito abençoado e sou muito grata!

    Responder

  32. Olá Bruno, o problema é que por ser normal não nasci sabendo então gostaria de saber de você onde posso aprender essa questão de marketing? Já te devo tantas pelas dicas que recebi e foram excelentes, mas essa preciso realmente me aprofundar. Obrigado por tudo. Gratidãããão

    Responder
  33. Aracélie

    Tenho essa dificuldade, talvez pela minha ignorância digital que me trava. Acredito que por se tratar de trabalho onde o foco é ajudar pessoas, não é valorizado. A idéia de MKT está mais ligada a venda de produtos, prestação de serviços a associação é menor. Na área em que atuava, odontologia, isso é fato.

    Responder
  34. Marcio Penha do Carmo

    Olá Bruno!
    Estou precisando criar novas crenças em relação ao dinheiro!
    VC poderia me enviar aulas sobre isso!
    Grato!

    Responder

    1. Oi Márcio, sou Coach e Física de formação, nunca divulguei um link de afiliado, apesar de ter um de um curso que faço e ter solicitado o link, porque marketing agressivo e sem propósito não é minha praia. Vim ler este post porque uma amiga me enviou o link, sendo Coach também, e acreditando nos princípios espirituais do sucesso, conversamos muito sobre essas questões…esse treinamento que estou te sugerindo tem a ver com a lei da Atração e metafísica do dinheiro. Eu mesma já comprei o curso do Joe Vitale e em breve farei meu próprio curso, mas enquanto isso eu indico fortemente, porque fiz e deu resultado, o treinamento da Raquel Menezes http://hotmart.net.br/show.html?a=M3289209O ela tem também um canal no YouTube onde tem 3 vídeos introdutórios sobre o tema que vão te dar uma noção básica, mas só com esses vídeos, já muda muito o mindset..https://youtu.be/W29rHEz16Uw Espero que te auxilie! Depois me diga se te ajudou de alguma maneira, se quiser conversar me envie um email para luacarper @gmail.com ou me acha lá no facebook http://www.facebook.com/comecapormim e me deixa uma mensagem se identificando okay? Adoro conversar sobre esse assunto! 🙂

      Responder

  35. Bruno, eu tenho me deparado com uma constante a respeito desse tema. Algumas pessoas dizem acreditar que ajudar pessoas não pode se relacionar com ser remunerado. O mais espantoso é que vejo pessoas dotadas de habilidades importantes e que estão sempre dispostas a ajudar aos outros, mas que se recusam a usar essas habilidades para ganhar dinheiro. Elas não aceitam o fato de que poderiam ajudar a muito mais pessoas se fossem remuneradas e consequentemente trabalhassem o marketing para a divulgação de suas habilidades.
    Vamos continuar trabalhando com aquelas que já despertaram e descobriram que isso não passa de crenças limitantes e já estão dispostas a mudar para alcançar seus objetivos.
    Um Abraço.

    Responder
  36. luiggi

    Caro Bruno perfeita a mensagem hoje muitas pessoas neste mundo mais globalizado sofrem da Síndrome do Pensamento Acelerado e tem muita dificuldade de organizar as informações com um MKT de consistência podendo de fato ajudar as pessoas a se posicionarem diante do que realmente irá trazer de benefícios o MKT funcionará como um instrumento de conhecimento e não só a venda pela venda desta forma a captação de clientes ocorre de forma mais natural porque o cliente entenderá a sua mensagem de forma positiva
    Obrigado

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *